Como corrigir o seu CNIS (extrato previdenciário)?

A correção do CNIS pode ser feita a qualquer momento devendo ser realizada diretamente no INSS, para isso é necessário que a alteração que deseja ser realizada seja comprovada através de prova documental.

Caso a alteração seja apenas de dados cadastrais poderá ser feita diretamente pelo telefone 135, do contrário há necessidade de marcar horário na agência mais próxima para que seja realizada a alteração.

Mas afinal quais dados constam no CNIS? O CNIS nada mais é que Cadastro de Informações Sociais que contém todo o extrato previdenciário do segurado, constando todas as informações relativas aos empregos do segurado.

A análise do CNIS deve ser realizada principalmente acerca de dados como: valores errados de salário contribuição, ausência de algum vínculo empregatício, ausência de data final de vínculo empregatício. 

A importância de estar sempre atento as informações do CNIS advém do uso desse extrato para análise do benefício pelo INSS, ou seja, na maioria das vezes o INSS analisa o benefício com base nessas informações.

Com isso se constam informações incorretas no CNIS as chances de que o benefício seja indeferido ou deferido com valores menores, são grandes, o que pode causar um grande prejuízo ao segurado.

Por esse motivo é tão importante estar atento a essas informações, e no momento em que for constatada irregularidade deve ser realizado o pedido de correção, dessa forma as informações estarão corretas no momento de requisição do benefício da aposentadoria.

Para consultar o CNIS é necessário entrar no site no INSS e realizar a requisição do extrato, a partir daí é só analisar o extrato e ver se há necessidade de realizar qualquer alteração.  A consulta também pode ser realizada na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil.

Gostaria de mais orientações sobre o assunto? Converse com nossos advogados especialistas no INSS sem compromisso (atendemos todo País).

Fale agora via WhatsApp pelo telefone (42 99810-2866), ou clicando aqui https://bit.ly/2PA8cbY

+ de 6.000 aposentadorias defendidas e 58 anos de experiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *