Insalubridade garante Aposentadoria Especial?

A aposentadoria especial por insalubridade é o benefício para quem trabalhou 25, 20 ou 15 anos com agentes nocivos à saúde (físicos, químicos ou biológicos) acima dos limites legais.

Por conta dos riscos, é uma aposentadoria integral, sem o fator previdenciário e sem a idade mínima. Também conhecido como aposentadoria por insalubridade.

Para saber se uma atividade é insalubre, é necessário ter os seguintes requisitos: enquadramento profissional ou efetiva exposição a agentes insalubres.

Enquadramento profissional ou efetiva exposição: Até 1995, a lei definia claramente quais eram as profissões protegidas pela aposentadoria especial.

As seguintes categorias de trabalhadores têm direito a esse benefício:

  • médicos, dentistas, enfermeiro;
  • metalúrgicos, fundidores, forneiros, soldadores e alimentadores de caldeira;
  • bombeiros, guardas, seguranças, vigias ou vigilantes;
  • frentistas de posto de gasolina;
  • aeronautas e aeroviários;
  • telefonistas ou telegrafistas;
  • motoristas, cobradores de ônibus e tratoristas;
  • operadores de máquinas de raios X.

O tempo de contribuição em qualquer uma dessas profissões até 1995 por si só já garante o direito à aposentadoria especial.

Porém, para que você tenha direito à aposentadoria especial, após essa data, é indispensável comprovar a exposição

Agentes insalubres: A lei divide a insalubridade em três agentes.

  • Biológicos.
  • Físicos.
  • Químicos.

Alguns agentes garantem que o seu trabalho seja considerado atividade especial pelo simples fato de você ter trabalhado em contato com eles.

Quais são os requisitos para a aposentadoria por insalubridade?

É necessário o cumprimento de 25 anos de atividade especial (insalubridade e periculosidade). Este é o tempo que vale para quase todo mundo, mas têm alguns agentes insalubres e situações que garantem uma aposentadoria especial mais cedo. 

Entre elas, quem é exposto ao amianto e trabalhadores de minas não subterrâneas, podem se aposentar com 20 anos dessas atividades especiais. Trabalhadores de minas subterrâneas podem se aposentar com 15 anos de atividade especial.

O que é necessário para solicitar a aposentadoria especial por insalubridade?

Para comprovar o enquadramento profissional e a exposição a agentes insalubres, você vai precisar de documentos, como sua CTPS, PPP, laudos e, algumas vezes, até de perícias.

É muito mais fácil comprovar a categoria profissional. Normalmente, a CTPS basta.

Para comprovar a exposição a agentes insalubres, no entanto, você vai precisar de documentos como PPP e, talvez laudos, documentos antigos e perícia.

Deve-se apresentar provas da exposição aos agentes nocivos ou perigosos. Caso não exista laudo referente ao seu local de trabalho, sugere-se a utilização de outros meios de prova, como documentação referente ao recebimento da insalubridade ou periculosidade, declaração de seu superior com detalhes da atividade desenvolvida. 

Em alguns casos, pode-se entrar com uma ação contra o empregador visando a elaboração de tais laudos.

IMPORTANTE! O fato de receber o adicional de insalubridade não é suficiente para garantir o direito à aposentadoria especial, isso é, nem todo trabalho insalubre é considerado atividade especial pelo INSS.

Quem tem direito a aposentadoria por insalubridade?

Todos aqueles que contribuem com o INSS têm direito ao benefício. Isso inclui aqueles que trabalham com carteira assinada, os trabalhadores avulsos e os profissionais autônomos que exercem suas funções nas condições insalubres, previstos pela lei e acima dos limites de tolerância fixados, de forma permanente. Porém,  não se encaixa em tempo especial se a exposição for ocasional ou intermitente.

Se você está em dúvida se seu trabalho te dá direito a aposentadoria especial de insalubridade, basta entrar em contato com um advogado especializado no assunto. /ele poderá te ajudar a agilizar o processo com a indicação do que é necessário para comprovar seu tempo em atividade especial. 

É sempre importante contar com ajuda profissional nesses casos, para que faça tudo de forma correta e garanta seu benefício.

Gostaria de mais orientações sobre o assunto? Converse com nossos advogados especialistas no INSS sem compromisso (atendemos todo País).

Fale agora via WhatsApp pelo telefone (42 99810-2866), ou clicando aqui https://bit.ly/2PA8cbY

+ de 6.000 aposentadorias defendidas e 58 anos de experiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *